GPA expande compras online com entrega nas lojas físicas

quinta-feira, 7 de maio de 2015 16:43 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Grupo Pão de Açúcar quer expandir no Brasil um modelo aplicado no exterior pelo controlador Casino, com compra de produtos pela Internet, por meio dos sites da Cnova, e retirada nas lojas físicas do grupo.

O objetivo é ampliar as vendas tanto dos sites como das lojas físicas, pois o sistema encurta o prazo de entrega, mas o grupo não informou meta de aumento de receitas.

O GPA dobrou o número de lojas das bandeiras Pão de Açúcar e Extra com o sistema denominado "click and collect". No fim de 2014, 106 lojas tinham esse sistema, e hoje são 212, localizadas em São Paulo e Rio de Janeiro. A expectativa é expandir o projeto para todo o país.

Segundo Peter Estermann, vice-presidente de infraestrutura e desenvolvimento estratégico do Grupo Pão de Açúcar, a vantagem para o cliente é que os sites dos supermercados têm sortimento de produtos mais vasto do que as lojas físicas, e a entrega ocorre mais rapidamente quando é feita na loja.

De acordo com o executivo, a entrega pelo comércio eletrônico pode levar até dez dias dependendo do produto, enquanto no sistema "click and collect" o produto pode ser retirado no dia seguinte.

"A integração do mundo físico com o mundo eletrônico é um diferencial competitivo. Nesses momentos de dificuldade, ter a possibilidade de oferecer experiências de compra distintas é vantagem", declarou Estermann.

Atualmente as marcas Pão de Açúcar e Extra têm mil pontos de venda. Ele disse que a expansão "velocidade será igual à do primeiro trimestre", quando a companhia dobrou o número de pontos de venda do sistema na comparação anual.

"Fizemos uma pesquisa que mostrou que 50 por cento dos clientes do mundo eletrônico aproveitam para fazer outra compra na loja quando retiram o produto", disse.

O sistema é adotado em mais de 18 mil pontos de vendas do Casino na França, disse o GPA.   Continuação...