Ericsson amplia processos sobre patentes contra Apple à Europa

sexta-feira, 8 de maio de 2015 12:34 BRT
 

ESTOCOLMO (Reuters) - A fabricante sueca de equipamentos de telecomunicação Ericsson anunciou nesta sexta-feira que abriu processos contra a Apple na Alemanha, Grã-Bretanha e na Holanda por pagamentos de licenças de tecnologia, ampliando para a Europa uma disputa entre as duas empresas nos Estados Unidos.

A Ericsson disse que ofereceu a chance de arbitragem com a Apple para que fosse alcançado um acordo global de licenciamento para suas patentes, mas que o prazo da oferta expirou.

"A Apple continua a lucrar com a tecnologia da Ericsson sem ter uma licença válida", disse o vice-presidente de propriedade intelectual da Ericsson, Kasim Alfalahi.

Uma porta-voz da Apple não quis comentar sobre o processo nos três países europeus, que estão relacionados a padrões de comunicações móveis 2G e 4G/LTE e tecnologia não padronizada, mas mencionou um comunicado divulgado pela companhia em janeiro.

"Infelizmente, não conseguimos concordar com a Ericsson sobre uma taxa justa por suas patentes e, como último recurso, estamos recorrendo aos tribunais", diz parte do comunicado.

(Por Olof Swahnberg)