ANÁLISE-Maior objetivo da Verizon com AOL: anúncios em vídeo para dispositivos móveis

quarta-feira, 13 de maio de 2015 13:22 BRT
 

Por Malathi Nayak

NOVA YORK (Reuters) - A Verizon Communications deixou claro o que espera ganhar com a compra da AOL por 4,4 bilhões de dólares: uma maneira melhor de vender anúncios em vídeo para dispositivos móveis.

A AOL, ridicularizada por seu negócio de Internet discada ainda existente, nos últimos anos criou um conjunto de ferramentas de ponta em tecnologia de vídeo online para comprar e vender anúncios automaticamente em tempo real, fazer medições de audiência e direcionar propagandas para usuários específicos com base em suas preferências.

Estas compras "programáticas" estão rapidamente se tornando a maneira mais eficaz para a compra e venda de anúncios online.

A Verizon, enquanto isso, tem mais de 100 milhões de clientes de telefonia sem fio e planeja lançar um serviço de vídeos para dispositivos móveis que pode ser sustentado por anúncios.

"O interesse principal está em torno da plataforma tecnológica de anúncios", disse o presidente de operações da Verizon, John Stratton, numa conferência com investidores na terça-feira após o acordo ter sido anunciado.

A Verizon tem dados significativos sobre seus clientes e suas atividades em dispositivos, que podem ser injetados na tecnologia da AOL para direcionar anúncios publicitários. A AOL também compete com o Google e o Facebook no negócio de gerenciar e fornecer anúncios em vídeo para anunciantes de sites móveis e de computadores. Os dados da Verizon vão permitir que a AOL melhore o direcionamento em prol destes clientes também.