Brasileiro cria aplicativo para "promover felicidade" entre usuários de maconha

sexta-feira, 15 de maio de 2015 11:24 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Usuários de maconha que procuram por alguém para dividir um cigarro podem utilizar um novo aplicativo que ajuda na hora de encontrar um parceiro para fumar.

Segundo o brasileiro Paulo Costa, criador do app "Who is Happy", seu programa é um tipo de "Foursquare para usuários de maconha", fazendo uma comparação com o aplicativo que permite que usuários deem notas para restaurantes e outros lugares que visitam.

"O aplicativo é a primeira plataforma global do tipo, permitindo que consumidores da cannabis se conectem e se juntem para promover a felicidade enquanto retiram o estigma e, quem sabe, descriminalizam o uso da erva pelo mundo", disse Costa.

Usuários que logam de forma anônima com sua localização veem uma nuvem verde aparecer no mapa do aplicativo, que cobre um raio de um quilômetro. Eles podem checar se outros usuários estão fumando em algum lugar perto, ou em qualquer lugar no mundo. Um grande número de usuários aumenta o total de "felicidade" de uma determinada localização.

Sendo um dos 30 aplicativos com maior número de downloads no país, o Brasil é o primeiro no ranking do aplicativo como maior número de usuários, logo, o mais feliz.

A maconha foi descriminalizada para uso recreativo e medicinal em alguns Estados norte-americanos, mas é ilegal no Brasil.

(Reportagem de Jonathan Cable)

 
Usuário de maconha prepara cigarro em Seattle. REUTERS/Jason Redmond