Amazon muda práticas tributárias, mas UE mantém investigações

terça-feira, 26 de maio de 2015 11:38 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A Comissão Europeia disse nesta terça-feira que continuará a investigação sobre o tratamento dado por Luxemburgo à Amazon, após relatos de que a varejista online alterou suas práticas tributárias na Europa.

A Comissão lançou uma investigação aprofundada em outubro sobre suposta ajuda estatal que Luxemburgo estava dando à Amazon ao oferecer taxas de impostos corporativas mais baixas sobre os lucros na Europa, a maior parte contabilizada no Grão-Ducado.

"A investigação da Comissão sobre ajuda estatal está em andamento e vai continuar. Estamos examinando as preocupações de que as regras tributárias impostas por Luxemburgo à Amazon está dando à companhia vantagens seletivas", disse o porta-voz da Comissão, Ricardo Cardoso.

A mídia informou nesta terça-feira que a Amazon irá no futuro pagar tributações corporativas onde as vendas de fato ocorreram, como Reino Unido, Alemanha, Itália e Espanha.

"No contexto, vamos é claro considerar quaisquer mudanças na estrutura tributária do grupo Amazon. Mas essas mudanças não afetarão a atual investigação da UE sobre as possíveis vantagens que a Amazon teria recebido no passado por meio das regras tributárias", disse Cardoso.

A Comissão também está investigando o tratamento tributário dado à Fiat Chrysler em Luxemburgo, Apple na Irlanda e Starbucks na Holanda.

(Por Philip Blenkinsop)