Toshiba diz que investigação sobre contabilidade vai durar até meados de julho

sexta-feira, 29 de maio de 2015 11:18 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A Toshiba vai enviar seu relatório anual até dois meses depois do usual já que a investigação independente em curso sobre irregularidades contábeis deve durar até meados de julho, disse o conglomerado japonês nesta sexta-feira.

A Toshiba não foi capaz de fechar suas contas para o ano encerrado em março até agora devido à investigação sobre suas práticas contábeis, que segundo a empresa provavelmente fez com que os lucros fossem exagerados em ao menos 50 bilhões de ienes (415 milhões de dólares) nos últimos anos.

A empresa também não pagou seu dividendo de fim de ano.

Os resultados da companhia para o ano fiscal inteiro normalmente teriam sido divulgados até meados de maio, e o prazo final padrão para os relatórios anuais é o fim de junho.

A Toshiba disse que o governo aprovou seu pedido para enviar seu relatório anual até o fim de agosto e de divulgar seu relatório dos resultados do primeiro trimestre fiscal até 14 de setembro, um mês após o prazo final padrão para os resultados trimestrais do período de abril a junho.

A aprovação significa que as ações da companhia não serão automaticamente colocadas sob supervisão para uma potencial delistagem devido ao atraso na entrega dos documentos, um alerta que assustaria investidores conservadores mesmo que temporariamente.

(Por Ritsuko Ando)