Vendas de smartphones no Brasil crescem 33% no 1º trimestre

segunda-feira, 8 de junho de 2015 17:14 BRT
 

(Reuters) - As vendas de smartphones no Brasil somaram 14,1 milhões de unidades no primeiro trimestre, volume 33 por cento maior do que no mesmo período do ano passado, informou nesta segunda-feira a consultoria IDC Brasil.

Segundo a IDC, o número ficou acima da sua projeção, de 13,5 milhões dos chamados telefones inteligentes para o período. Nos próximos meses, a IDC acredita que deve haver desaceleração por conta da baixa atividade econômica e da alta do dólar.

No trimestre também foram vendidos 1,2 milhão de telefones mais simples, os chamados feature phones, queda de 54 por cento na comparação anual.

A IDC também apontou que os preços dos aparelhos considerados intermediários ficaram de 30 a 60 reais mais caros, e os tops de linha tiveram aumento de 100 a 200 reais, devido sobretudo à alta do dólar.

Outra constatação do levantamento é que as operadoras estão oferecendo menos subsídios para o consumidor, que está migrando para o varejo físico e online.

Para 2015, a IDC Brasil previa vendas de 63,5 milhões de smartphones. Devido à crise, a expectativa foi reduzida para menos de 58 milhões.

Segundo a consultoria, pouco mais de 45 por cento da população ainda tinha feature phones até o fim de 2014.