Spotify diz que não há necessidade de ser número 1 da indústria

quinta-feira, 11 de junho de 2015 09:22 BRT
 

ESTOCOLMO (Reuters) - Minimizando a ameaça da companhia mais valiosa do mundo ao seu negócio, o fundador do serviço de transmissão de música Spotify disse que a indústria é grande o suficiente para vários concorrentes e que sua empresa não precisa ser a número 1.

"Acredito que é o suficiente estar entre os três maiores", disse Daniel Ek ao jornal de negócios sueco Dagens Industri em entrevista publicada nesta quinta-feira, a primeira desde que a Apple lançou seu serviço de transmissão de música em uma indústria abarrotada de concorrentes.

"Mas, no momento, temos a vantagem de ser a número 1 em música", disse Ek, que também é o presidente-executivo do Spotify, acrescentando que sua ambição é manter essa posição.

A companhia sueca não listada em bolsa teve crescimento de 45 por cento na receita para 1,08 bilhão de euros no ano passado, e registrou prejuízo operacional de 165 milhões de euros.

(Por Sven Nordenstam)