Cade aprova aquisição da Alcatel-Lucent pela Nokia sem restrições

quarta-feira, 17 de junho de 2015 08:07 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições no Brasil a aquisição do controle da francesa Alcatel-Lucent pela empresa finlandesa Nokia, segundo despacho publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira.

De acordo com o Cade, a operação não apresenta indícios de prejuízos ao ambiente concorrencial no Brasil. As duas empresas são fornecedoras de equipamentos de redes de telecomunicações no país.

O órgão consultou as principais operadoras de telefonia brasileiras (Vivo, Claro, TIM e Oi), que declararam "inofensibilidade da presente operação quanto ao suprimento dos produtos atualmente fornecidos pelas partes", citando as concorrentes Huawei, Ericsson, NEC, Stain, Cisco e SIAE como alternativas de fornecedores.

A Nokia anunciou em abril a compra da Alcatel-Lucent em um acordo de troca de ações que avaliou a empresa francesa em 15,6 bilhões de euros, ampliando seu negócio de equipamentos de telecomunicações para competir com a líder Ericsson.

(Por Luciana Bruno)