Facebook ganha terreno sobre YouTube em anúncios em vídeo, diz relatório

segunda-feira, 22 de junho de 2015 08:47 BRT
 

FRANKFURT/PARIS (Reuters) - O Facebook está ganhando terreno contra o YouTube, do Google, como uma plataforma para que grandes companhias anunciem seus produtos em vídeos online, a categoria de anúncios na Internet que cresce mais rapidamente, segundo relatório publicado nesta segunda-feira.

A competição por espectadores de vídeos abre um novo front no embate entre as duas gigantes de Internet que já competem em outros tipos de anúncios tendo em vista seus apelos a consumidores jovens e internacionais, disse a Ampere Analysis em estudo.

A Ampere, com sede em Londres, prevê uma nova "corrida armamentícia" publicitária entre as duas rivais, praticamente empatadas em termos de tamanhos de audiência com cerca de 1,4 bilhão e 1,3 bilhão de usuários mensais ativos, respectivamente para o Facebook e o YouTube. Isso significa que consumidores provavelmente serão forçados a assistir mais anúncios, mas que também poderão aproveitar uma gama mais variada de programação em vídeo como resultado, disse a empresa.

A Internet vai ultrapassar os anúncios em TV em 12 grandes mercados, representando 28 por cento dos gastos publicitários globais até 2017, segundo pesquisa separada da empresa de compra de mídia ZenithOptimedia nesta segunda-feira. A projeção para gastos em anúncios estima que alcançarão 531 bilhões de dólares neste ano.

(Por Eric Auchard e Leila Abboud)