Suprema Corte dos EUA rejeita recurso do Google sobre violação de patentes

segunda-feira, 22 de junho de 2015 15:32 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O Google terá de se defender das acusações de que seu software de mapeamento Street View viola patentes detidas pela Vederi LLC, após a Suprema Corte dos Estados Unidos ter rejeitado o recurso da companhia nesta segunda-feira.

A decisão da alta corte de não fazer audiências para o caso deixa intacta a decisão de março de 2014 da Corte de Apelações, que rejeitou uma decisão de um juiz distrital segundo a qual o Google não infringiu quatro diferentes patentes. O caso irá agora voltar para tribunais inferiores para novas análises.

A Vederi processou o Google em 2010, acusando-o de violar patentes, que envolvem formas de criar imagens de uma área geográfica que podem ser navegadas pelo computador.

(Por Lawrence Hurley)