Governo italiano não comprará fatia na Telecom Italia, dizem fontes

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015 15:53 BRST
 

MILÃO (Reuters) - O governo italiano não tem intenção de comprar uma fatia na Telecom Italia para ofuscar a crescente influência de investidores franceses na operadora de telefonia, disseram duas fontes próximas ao tema.

No Brasil, a Telecom Italia controla a operadora TIM Participações.

No entanto, o governo está monitorando a situação da empresa de perto e poderá decidir usar seu poder de veto para proteger sua rede de telefonia fixa -- ativo mais valioso da Telecom Italia -- caso seja necessário, disse uma das fontes.

A maior acionista da Telecom Italia é a francesa Vivendi, que gradualmente elevou sua fatia para cerca de 20 por cento e busca agora indicar quatro representantes para o Conselho de Administração da companhia.

Complicando o cenário, o bilionário francês Xavier Niel, fundador da operadora de baixo custo Iliad, comprou opções no fim de outubro para adquirir uma fatia de 15,1 por cento no grupo italiano.

Isso reanimou especulações de que o governo pode comprar uma fatia na Telecom Italia por meio da holding Cassa Depositi e Prestiti (CDP) para conter o peso dos acionistas franceses.

"A CDP não está adquirindo uma fatia", disse uma fonte com conhecimento direto da situação.

(Por Paola Arosio, Luca Trogni e Valentina Za)