Agência reguladora do Japão recomenda multa recorde de US$60 mi para Toshiba

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015 15:17 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - Reguladores japoneses recomendaram nesta segunda-feira que a Toshiba seja multada no valor recorde de 7,37 bilhões de ienes (59,8 milhões de dólares) por violação contábil, enquanto o país tenta reconstruir sua imagem corporativa afetada, após uma série de transgressões de alto nível.

O escândalo, menos de quatro anos após irregularidades contábeis na Olympus, foi um golpe para os esforços do governo de atrair investidores globais para o Japão com melhor governança corporativa e gestão mais atrativa para acionistas.

Mais cedo, 50 acionistas individuais da Toshiba processaram o conglomerado em Tóquio, buscando 301,99 milhões de ienes, devido a perdas nas ações.

"Este é um grave incidente, cujo impacto é enorme", disse Kiyotaka Sasaki, secretário geral da Comissão de Vigilância e Valores Mobiliários (SESC, na sigla em inglês) em nota.

Ele disse que a agência adotou uma nova abordagem na sua investigação, dada a posição global da Toshiba como empresa global e sua importância para os negócios japoneses, indo além da averiguação para determinar o que levou a companhia a agir ilegalmente.

(Por Taiga Uranaka)