Alibaba faz acordo para comprar jornal em Hong Kong

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015 15:29 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A Alibaba Group Holding acertou acordo para comprar o principal jornal de Hong Kong escrito em inglês, o South China Morning Post (SCMP), na aquisição mais delicada politicamente feita pelo gigante do comércio eletrônico até agora.

A Alibaba e o SCMP Group anunciaram nesta sexta-feira que a companhia sediada em Hangzhou comprará o jornal fundado há 112 anos e outros ativos de mídia por uma quantia não revelada.

A compra, que segue uma sequência de acordos de mídia feitos pela Alibaba, deve aumentar as preocupações em Hong Kong, onde o South China Morning Post ocupa uma importante posição entre a elite que fala inglês e que ainda domina a antiga colônia britânica.

O Alibaba adquiriu ou investiu em um crescente portfólio de companhias de mídia e conteúdo nos últimos anos. Em junho, a companhia pagou 194 milhões por uma parcela de ações não revela da China Business News, a companhia de mídia financeira local.

"O SCMP tem um status icônico na região, com uma forte reputação internacionalmente pela qualidade e credibilidade de seu jornalismo ao longo dos anos", disse Joe Tsai, vice presidente do conselho do Alibaba Group, disse em uma carta aos leitores do SCMP.

"Como muitas mídias, no entanto, o SCMP enfrenta desafios em meio a mudanças dramáticas na maneira como as notícias são produzidas e distribuídas. Mas estas mudanças são os pontos fortes da Alibaba, e é por isso que acreditamos que as duas empresas se complementam bem."