Vivendi vai se abster de votação sobre conversão de ações da Telecom Italia

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015 12:59 BRST
 

(Reuters) - A Vivendi confirmou nesta terça-feira sua intenção de se abster da votação na assembleia geral extraordinária da Telecom Italia sobre a conversão de ações sem direito a voto em ações ordinárias.

O presidente-executivo da Vivendi, Arnaud de Puyfontaine, disse que discussões adicionais são necessárias.

A abstenção da Vivendi deve impedir que o quórum seja alcançado, apesar do apoio de outros acionistas da operadora de telecomunicações italiana, dona da TIM no Brasil.

O grupo francês tem uma participação de 20,5 por cento no capital da Telecom Italia, enquanto a taxa de participação na assembleia é de 55,7 por cento.

Arnaud de Puyfontaine reafirmou que a Vivendi não é um mero investidor financeiro e está sensível às perspectivas de crescimento a longo prazo da Telecom Italia.