Facebook, Google e Twitter concordam em apagar discurso de ódio em 24h na Alemanha

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015 12:59 BRST
 

BERLIM (Reuters) - A Alemanha disse nesta terça-feira que o Facebook, o Google e o Twitter concordaram em deletar mensagens de discurso de ódio de seus sites dentro de 24 horas, um novo passo contra o aumento do racismo online em meio a crise de refugiados.

O governo alemão tem tentado fazer com que as plataformas de redes sociais reprimam o aumento de comentários xenófobos na Internet, enquanto o país luta para lidar com um fluxo de mais de 1 milhão de refugiados este ano.

O novo acordo torna mais fácil para os usuários e grupos antirracismo denunciar discurso de ódio para equipes especializadas nas três empresas, disse o ministro da Justiça da Alemanha, Heiko Maas.

"Quando os limites da liberdade de expressão são transgredidos, quando se trata de expressões criminais, sedição, incitação à realização de infrações penais que ameaçam as pessoas, tal conteúdo deve ser removido da Internet", disse Maas. "E concordamos que como regra isso deve ser possível dentro de 24 horas."

(Por Oliver Ellrodt)