Ações da Microsoft podem subir 30% em 18 meses, segundo revista Barron's

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015 13:16 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - As ações da Microsoft podem subir 30 por cento nos próximos 18 meses à medida que a gigante de tecnologia é ajudada pelo seu negócio de computação em nuvem, de acordo com um artigo da última edição da revista Barron's.

Muitos grandes investidores acreditam que a Microsoft vale muito mais do que o preço-alvo médio dos analistas de 57 dólares por ação, diz o artigo. As ações da companhia fecharam a 54,13 dólares na sexta-feira.

"Eu creio que a veremos a mais de 70 dólares em 18 meses, e, ao longo do caminho, eles vão pagar um bom dividendo", disse o gestor de portfólio do Jackson Square Partners, Chris Bonavico, no artigo.

(Reportagem por Lewis Krauskopf)