Base de dados de 191 mi eleitores dos EUA é exposta na Internet, diz pesquisador

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015 18:17 BRST
 

(Reuters) - Um pesquisador independente de segurança da computação revelou que uma base de dados com informações de 191 milhões de eleitores norte-americanos foi exposta na Internet por causa de um erro de configuração, disse ele nesta segunda-feira.

A base de dados inclui nomes, endereço, datas de nascimento, filiações a partidos, números de telefones e e-mails de eleitores em todos os 50 Estados norte-americanos e Washington, disse o pesquisador Chris Vickery em uma entrevista por telefone.

Vickery, um especialista de suporte de tecnologia de Austin, no Texas, disse que descobriu informações enquanto procurava por informações expostas na Internet em uma tentativa de elevar a consciência sobre vazamentos de dados.

"Eu quero que a nossa sociedade respeite mais a privacidade", ele disse. "Precisamos de um referendo sério sobre a maneira como dados privados são manuseados."

Vickery disse que não pode dizer se outros tiveram acesso à base de dados de eleitores, que levou cerca de um dia para ser baixada. O pesquisador não pôde identificar quem controla a base de dados.

Ele disse que está trabalhando com autoridades federais dos EUA para descobrir o proprietário e poder remover os dados do alcance público. Ele não quis identificar as agências.

Um representante do FBI não quis comentar o assunto.

(Por Jim Finkle e Dustin Volz)