Hackers invadem perfil de ministro russo e exibem símbolos turcos

domingo, 3 de janeiro de 2016 18:13 BRST
 

MOSCOU (Reuters) - Um perfil de rede social do ministro das Comunicações russo foi temporariamente bloqueado neste domingo num ciberataque realizado por hackers que se apresentaram como um grupo ativista turco e exibiram imagens de um avião de guerra e bandeiras turcas.

Os laços entre a Rússia e a Turquia sofreram um sério golpe quando um avião turco derrubou um russo perto da fronteira entre a Turquia e a Síria em novembro, numa ação descrita pelo presidente russo, Vladimir Putin, como “uma facada pelas costas”.

A conta no Instagram do ministro Nikolai Nikiforov foi bloqueada por hackers do grupo “Börteçine”, de acordo com imagens da conta divulgadas pela imprensa russa e turca e que destacavam bandeira turcas, um retrato de Mustafa Kemal Ataturk, fundador do Estado turco, e um avião de guerra.

O Instagram, onde usuários publicam fotos e vídeos, restaurou mais tarde a conta de Nikiforov, mas o ministro reclamou que a equipe de suporte técnico demorou mais de nove horas para reagir ao incidente.

Putin afirmou que ele não vê formas de melhorar as relações com os líderes turcos, e Moscou impôs sanções econômicas a Ancara.

Relatos da imprensa turca sugeriram no fim de dezembro que hackers russos poderiam estar por trás de recentes ataques a servidores de internet turcos que lidam com mais de 300 mil sites.

Em 25 de dezembro, os bancos turcos relataram interrupções esporádicas em transações com cartões de crédito, com a imprensa local repetindo que um bombardeio a sites públicos e financeiros poderia vir da Rússia ou então ser obra do grupo Anonymous.

(Reportagem de Dmitry Solovyov; reportagem adicional de Nick Tattersall em Istambul)