HSBC pede desculpas por interrupção em serviços online na Grã-Bretanha

terça-feira, 5 de janeiro de 2016 17:03 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O HSBC disse nesta terça-feira que os clientes afetados por um blecaute em seus serviços bancários pessoais na Internet na Grã-Bretanha não "serão prejudicados", com os problemas sofridos pelo maior banco da Europa chegando ao segundo dia.

Em uma declaração desculpando-se pelas falhas, divulgadas primeiramente na segunda-feira, um porta-voz disse: "Estamos passando atualmente por problemas com nossos serviços online e via aparelhos móveis. O serviço pessoal via aparelhos móveis está funcionando, mas devido à alta demanda os clientes podem sofrer com atrasos."

Os bancos de varejo da Grã-Bretanha têm sido atingidos por vários problemas de tecnologia nos últimos anos, causando inconveniências para centenas de milhares de clientes e levando legisladores a pedir mais investimento em tecnologia financeira.

"A frequência destas falhas no setor de serviços financeiros sugere uma fraqueza sistemática na infraestrutura de TI. Isto é preocupante", disse Andrew Tyrie, um parlamentar conservador que também preside o Treasury Select Committee do parlamento britânico, em uma declaração.

Embora o HSBC não tenha oferecido explicações sobre a causa do problema, John Hackett, diretor de operações do banco na Grã-Bretanha, confirmou que o problema não foi causado por ciberataques ou quaisquer outros atos maliciosos, como ataques de negação de serviço (DDOS, na sigla em inglês), um mecanismo frequentemente utilizado por cibercriminosos tentando invadir negócios e empresas com atividades online significativas.

"Nós garantiremos que os clientes não serão prejudicados como resultado deste problema. Quaisquer taxas que incorram aos clientes como resultado desta interrupção serão estornadas", disse Hackett.

(Por Sinead Cruise)