Intel investe em fabricantes de chips móveis chineses, dizem fontes

quinta-feira, 25 de setembro de 2014 18:14 BRT
 

Por Gerry Shih e Noel Randewich

PEQUIM/SAN FRANCISCO (Reuters) - A Intel está perto de anunciar um investimento nas fabricantes de chips móveis das afiliadas ao governo chinês Spreadtrum Communications e RDA Microelectronics, em seu mais recente movimento para alcançar a líder da indústria de chips para smartphones Qualcomm, de acordo com duas fontes a par do assunto.

Não ficou claro quanto a Intel está pagando ou qual porção das companhias a fabricante de chips dos Estados Unidos está comprando. A aquisição poderia ser feita por meio da Tsinghua Unigroup, uma empresa de private equity afiliada ao governo controlada pela Universidade de Tsinghua em Pequim, disse uma das fontes. A Tsinghua Unigroup detém a Spreadtrum e a RDA.

A Intel, que tem lutado por espaço no mercado de tablets e smartphones, recentemente tem buscado associar-se com fabricantes de chips na esperança de que possam ajudá-la a ganhar a liderança de mercado que já teve com computadores pessoais.

Um porta-voz da Intel se recusou a comentar. A Tsinghua Unigroup não respondeu imediatamente a um pedido de comentários.

((Tradução Redação Rio de Janeiro, 55 21 2223-7132)) REUTERS JS LB