Europa permite que smartphones e tablets permaneçam ligados durante voos

sexta-feira, 26 de setembro de 2014 12:55 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - Passageiros de companhias aéreas poderão usar smartphones e tablets durante os voos, disse a Agência Europeia de Segurança da Aviação Civil (Easa, na sigla em inglês) nesta sexta-feira, o que também pode abrir o caminho para as companhias oferecerem serviços móveis de comunicação.

Os regulamentos atuais na Europa exigem que passageiros mantenham seus dispositivos no "modo de avião" para fazer com que os aparelhos parem de emitir sinais de rádio que poderiam interferir com os das aeronaves.

A Comissão Europeia autorizou o uso do espectro móvel para comunicações 3G e 4G, que permite que usuários naveguem na Internet e enviem emails, quando as aeronaves estiverem voando acima de 3 quilometros de altura.

"A nova orientação deixa que companhias aéreas permitam que dispositivos eletrônicos pessoais permaneçam ligados, sem necessidade de estar em modo de avião", disse a agência em comunicado. "Este é a mais recente medida regulatória rumo a habilitar a capacidade de ofecerer inclusive serviços de Wifi.".

As novas regras, que se aplicam às companhias aéreas europeias, exigem que cada companhia realize seus próprios testes para assegurar a segurança e permitir que passageiros usem smartphones e tablets durante os voos. O novo regime entra em vigor nesta sexta-feira, mas as companhias aéreas vão demorar um certo tempo para se ajustar.

A Easa disse esperar que as primeiras aereas europeias consigam se adaptar às mudanças em cerca de oito meses.

(Por Francesco Guarascio)