Instagram é bloqueado na China em meio a protestos em Hong Kong

domingo, 28 de setembro de 2014 16:36 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O Instagram, popular serviço de compartilhamento de fotos controlado pelo Facebook, foi bloqueado na China, segundo numerosos relatos, incluindo de jornalistas do New York Times baseados em Hong Kong.

A companhia não comentou o assunto de imediato.

Os relatos de bloqueio ocorrem em meio a protestos pró-democracia em Hong Kong, onde muitos têm publicado vídeos e fotos mostrando a polícia disparando bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes.

Muitas das fotos estão sendo publicadas com a hashtag "Occupy Central", uma expressão que estava bloqueada neste domingo no Weibo, versão chinesa do Twitter.

O site www.blockedinchina.net também indicava que o Instagram estava bloqueado na China, incluindo em Pequim e Shenzhen.