Lenovo conclui esta semana compra de divisão de servidores x86 da IBM

segunda-feira, 29 de setembro de 2014 08:46 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A Lenovo vai concluir a compra da divisão de servidores x86 da IBM em 1o de outubro por 2,1 bilhões de dólares, o que dará à companhia chinesa de tecnologia poder de fogo para ganhar clientes de rivais norte-americanas.

O preço de compra para o fechamento da aquisição é menor que os 2,3 bilhões de dólares anunciados em janeiro devido a uma mudanças contábeis, disse a Lenovo. Cerca de 1,8 bilhão de dólares será pago em dinheiro e o restante em ações.

A compra é a mais recente da Lenovo desde que a companhia superou a Hewlett-Packard como a maior fabricante de computadores pessoais do mundo no ano passado. A empresa chinesa buscar se diversificar para além de um mercado de PCs em firme contração. No começo deste ano, a Lenovo anunciou também que pagaria 2,9 bilhões de dólares pela unidade de celulares inteligentes do Google, a Motorola.

Em entrevista, o presidente-executivo da Lenovo, Yang Yuanqing, disse que o acordo com a IBM abre um novo "motor de crescimento" para a companhia. Ele disse esperar que a unidade x86 gere 5 bilhões de dólares em seu primeiro ano e entregue margens maiores que os 4 por cento do negócios de PCs da Lenovo.

"No espaço de empresas médias e grandes podemos agora aproveitar completamente a tecnologia da IBM para competir com marcas como a HP e a Dell", disse Yang em entrevista telefônica. "Podemos combinar essa boa tecnologia com as operações eficientes da Lenovo."

Nos últimos anos, a IBM tem passado por uma mudança estratégia para longe de hardware, se concentrando em vez disso em produtos de nuvem e "big data", que apresentam margens maiores.