Facebook muda política de nome real e vai permitir uso de pseudônimos

quinta-feira, 2 de outubro de 2014 11:09 BRT
 

(Reuters) - O Facebook disse que irá mudar sua política que exige que os usuários utilizem seus nomes reais na rede social, após ter causado indignação com o bloqueio de centenas de contas, incluindo de drag queens que usam seus nomes artísticos.

O chefe de produtos da Facebook, Christopher Cox, pediu desculpas em um post na quarta-feira e disse que os usuários afetados poderiam voltar a usar seus apelidos.

A maior rede de mídia social do mundo havia bloqueado um grande número de contas nas últimas semanas, incluindo centenas pertencentes a pessoas lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros.

"O espírito da nossa política é que todo mundo no Facebook use o nome autêntico utilizado na vida real. Para a irmã Roma, ele é irmã Roma. Para Lil Miss Hot Mess, este é Lil Miss Hot Mess", escreveu Cox, negando que a política da empresa exigia que usuários utilizassem seus nomes legais.

Drag queens de São Francisco e um parlamentar da cidade se reuniram com representantes do Facebook em setembro para exigir que o site mudasse sua política de proibir os usuários de usarem apelidos online.

O debate sobre o futuro do anonimato online é turvo nos círculos de tecnologia e o seu resultado terá profundas implicações para o uso da Internet em todo o mundo.

Em julho, o Google removeu restrições ao uso de apelidos em sua rede social, o Google+, curvando-se às exigências dos usuários por privacidade.

(Reportagem de Arathy S Nair em Bangalore)