Telefónica segue perdendo clientes móveis na Espanha e Orange supera Vodafone em julho

sexta-feira, 3 de outubro de 2014 09:20 BRT
 

MADRI (Reuters) - O negócio de telefonia móvel na Espanha está passando por um pleno processo de reestruturação, tendo em vista os números mensais publicados pela Comissão Nacional de Mercados e Concorrência.

Segundos os dados, a Telefónica, durante muitos anos dominante na Espanha, perdeu clientes de telefonia móvel em julho e acumula 39 meses consecutivos de perdas.

A Telefónica tem hoje que se conformar com uma fatia de mercado inferior a 33 por cento, enquanto que a divisão espanhola da Orange, eterna terceira colocada no mercado espanhol, superou a Vodafone em julho e se instalou na segunda colocação.

De acordo com os dados publicados nesta sexta-feira, o mercado de telefonia móvel teve 215.281 linhas acrescidas em junho para um total de 50,79 milhões, embora a Movistar, a marca da Telefónica, tenha perdido 38.590 assinantes, ficando com 16,42 milhões de usuários e 32,34 por cento de participação no mercado.

A Orange vem em seguida com 11,53 milhões de assinantes, tendo somado mais 67.227 usuários, e a Vodafone ocupa o terceiro lugar com 11,5 milhões de linhas, registrando adição de 11.720 assinantes. A divisão espanhola da Vodafone sofreu nos últimos dois anos uma contração na sua base de assinantes similar à da Telefónica, ainda que em julho tenha visto o número de usuários aumentar pela primeira vez desde maio de 2012.

O cenário final do mercado de telefonia móvel ainda pode se alterar nos próximos meses com a combinação entre a Vodafone e a operadora a cabo Ono, que tinha 1,46 milhão de clientes móveis até junho, enquanto a Orange apresentou uma oferta pela Jazztel, que possui uma base de 1,53 milhão de assinantes.

(Por Robert Hetz)