Samsung Electronics faz aposta de US$14,7 bi com nova fábrica de chips na Coreia

segunda-feira, 6 de outubro de 2014 09:01 BRT
 

SEUL (Reuters) - A gigante sul-coreana Samsung Electronics planeja gastar 14,7 bilhões de dólares em uma nova fábrica de chips, seu maior investimento em uma única instalação, se apoiando em seu negócio de semicondutores para impulsionar os lucros conforme seu domínio em smartphones se enfraquece.

A Samsung, maior fabricante de chips de memória do mundo, disse que a fábrica será construída em Pyeongtaek, cerca de 75 quilômetros ao sul de Seul. A companhia disse que as instalações criaram 150 mil vagas, igual a um terço da população da cidade.

A aposta em chips surge conforme o negócio de smartphones é pressionado pela Apple no segmento premium e por rivais chinesas como a Lenovo no segmento de médio a baixo custo. O lucro operacional da unidade de dispositivos móveis entre abril a junho caiu em termos anuais pelo segundo trimestre consecutivo, a sequência mais longa desde ao menos 2011.

No entanto, com a demanda mais alta para dispositivos móveis crescem as encomendas para chips de aparelhos móveis, e a divisão de semicondutores da Samsung será importante para reforçar o lucro da companhia, segundo analistas.

A fábrica em Pyeongtaek produzirá chips lógicos ou de memória, disse a Samsung Electronics, acrescentando que uma decisão final ainda não foi tomada.

O negócio de chips provavelmente será um ponto positivo solitário no que deve se mostrar um trimestre fraco para a Samsung. A companhia vai divulgar sua orientação de lucros para o período na terça-feira.

A estimativa mediana em uma pesquisa da Thomson Reuters I/B/E/S com 42 analistas prevê o lucro operacional para o período de julho a setembro alcançando 5,6 trilhões de wons (5,24 bilhões de dólares), o desempenho mais fraco desde o quarto trimestre de 2011.

(Por Se Young Lee)