Costco entrará na China pelo Tmall do Alibaba

terça-feira, 14 de outubro de 2014 08:51 BRT
 

(Reuters) - A varejista norte-americana Costco Wholesale anunciou que abrirá uma loja online na China usando o mercado online Tmall do Alibaba, entrando no mercado de comércio eletrônico chinês que cresce rapidamente para combater as vendas em desaceleração em seu mercado doméstico.

A Costco disse que a loja online fornecerá tanto produtos de marca, que inicialmente incluirão produtos de saúde e alimentos, e também produtos sob seu negócio de marca privada Kirkland Sinature para consumidores na China continental.

"A Costco vê oportunidades enormes de crescimento na China, especialmente à luz do apetite crescente dos consumidores chineses por produtos importados", disse o vice-presidente-executivo, Jim Murphy, em comunicado nesta terça-feira.

A chinesa iResearch elevou em julho sua projeção de crescimento em 2014 para as vendas varejistas online da China a 45,8 por cento, ante 32,4 por cento. A consultoria estimou vendas de 2,76 trilhões de iuanes (446,6 bilhões de dólares) para o ano.

O Tmall do Alibaba oferece vitrines virtuais e portais de pagamentos para comerciantes, e a Costco disse que as lojas de armazéns da Tmall Global vão ajudar a cortar custos de logística e tempos de entrega.

A Costco, que vem registrando desaceleração no crescimento das vendas em mesmas lojas nos últimos três anos, disse que o Tmall.com também irá se conectar ao mercado online de consumidores Taobao.com e ao site de ofertas diárias Juhuasuan.com.

(Por Rama Venkat Raman e Sruthi Ramakrishnan)