Telecom Italia deve vender torres no Brasil à American Tower, dizem fontes

sexta-feira, 21 de novembro de 2014 12:04 BRST
 

BARCELONA/MILÃO (Reuters) - A Telecom Italia deve vender as torres de telefonia móvel de sua unidade brasileira à American Tower Corp por quase o valor total visado de 900 milhões de euros (1,1 bilhão de dólares), afirmaram duas fontes familiarizadas com a situação.

Segundo uma das fontes, um acordo já foi discutido e pode ser anunciado na reunião do conselho da Telecom Italia nesta sexta-feira.

A Telecom Italia não quis comentar, enquanto a American Tower não respondeu um e-mail solicitando comentários.

Qualquer acordo teria que ser aprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o que poderia demorar vários meses.

O diretores da Telecom Italia vão se reunir nesta sexta-feira para analisar as opções estratégicas do grupo de telefonia italiana no mercado latino-americano, onde controla a TIM Participações.

Fontes disseram na quinta-feira que o presidente-executivo da Telecom Italia, Marco Patuano, deve propor que a melhor solução para as operações de telefonia móvel da companhia no Brasil é perseguir a aquisição da rival Oi, disseram três pessoas familiarizadas com o assunto.

Após fracassar em concluir um planejado acordo para vender sua unidade argentina e depois de atrasos na venda de suas torres de telefonia móvel na Itália, o negócio com as torres no Brasil marcaria um avanço nos planos do grupo italiano.

Patuano colocou os ativos de torres no Brasil à venda há um ano, quando revelou um plano de negócios de 4 bilhões de euros para cortar dívidas e ajudar a financiar investimentos necessários.

(Por Danilo Masoni e Silvia Aloisi)

 
Torre da Telecom Italia em Roma. 20/12/2013 REUTERS/Alessandro Bianchi