Grupo Semapa quer ser investidor de longo prazo nos ativos portugueses da Oi

sexta-feira, 28 de novembro de 2014 16:25 BRST
 

LISBOA (Reuters) - O conglomerado Semapa quer ser um investidor de longo prazo nos ativos portugueses da Oi reunidos sob a PT Portugal e considera elevar sua participação no futuro, caso o consórcio que integra com os fundos internacionais Apax e Bain ganhe a corrida pela compra das operações, disse uma fonte oficial do grupo.

Mais cedo, três fontes próximas do assunto afirmaram à Reuters que o consórcio formado por Apax, Bain e Semapa apresentou oferta firme para comprar os ativos portugueses da Oi, avaliando-os em 7,075 bilhões de euros.

"Caso venha a se concretizar esta aquisição pelo consórcio de que faz parte, a Semapa neste investimento tem uma perspectiva de longo prazo", disse a fonte oficial da Semapa. "Se possível, a Semapa gostaria de vir a tornar-se um acionista de referência estável da PT Portugal, podendo eventualmente vir a aumentar a sua participação num horizonte de médio e longo prazo", acrescentou a fonte.

(Por Sérgio Gonçalves)