Chefe de divisão mobile da Samsung sobrevive a reorganização apesar de números fracos

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 11:49 BRST
 

SEUL (Reuters) - A Samsung Eletronics negou especulação de que vai demitir o chefe da decepcionante divisão de aparelhos móveis, após o aparente herdeiro da Samsung Group optar manter o homem indicado por seu pai doente, cujo futuro segue incerto.

Funcionários da Samsung estão ansiosos pela reorganização anual, após um fraco desempenho de smartphones e os pioores resultados em três anos, com muitos temendo por seus empregos. Mas o co-presidente-executivo J.K. Shin já sabe que continuará liderando a divisão de aparelhos móveis da Samssung Electronics, apesar do enfraquecimento nas vendas de smartphones.

O chefe do negócio de semicondutores, Kwon Oh-hyun, e o chefe de eletrônicos para consumidores, Yoon Boo-keun, também mantiveram seus cargos.

Analistas disseram que Jay Y. Lee, o provável sucessor e único filho do patriarca do grupo Lee Kun-hee, optou por manter os subcomandantes de seu pai nos cargos para assegurar a estabilidade e consolidar sua própria posição.

"Com a Samsung passando por grandes mudanças em meio ao processo de sucessão, como a venda de afiliadas e a listagem de unidades, seria muito perturbador mudar a liderança", disse o chefe da empresa de pesquisa local Chaebul.com, Chung Sun-sup.

(Por Se Young Lee)