FBI alerta para programa de computador "destrutivo" após ataque contra Sony

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 21:44 BRST
 

BOSTON, Estados Unidos (Reuters) - A polícia federal dos Estados Unidos (FBI) alertou empresas norte-americanas que hackers usaram um programa de computador malicioso para lançar ataques destrutivos no país após um ciberataque devastador na semana passada contra a Sony Pictures Entertainment.

O alerta confidencial de cinco páginas emitido para empresas na noite desta segunda-feira forneceu alguns detalhes técnicos sobre o software malicioso usado no ataque, embora sem revelar o nome da empresa vitimada.

Questionado, um porta-voz do FBI não quis comentar se o software tinha sido usado contra a unidade da Sony com sede na Califórnia, oeste dos EUA.

O FBI ocasionalmente emite alertas do tipo para dar às empresas detalhes sobre ameaças cibernéticas emergentes e ajudá-las a se defender contra novos tipos de ataques. Esses documentos não identificam as vítimas desses ataques.

O alerta diz que o software malicioso substitui dados em discos rígidos de computadores que podem torná-los inutilizáveis e desligam redes.

É extremamente difícil e caro, se não impossível, recuperar discos rígidos que foram atacados pelo programa, de acordo com o relatório, que foi distribuído aos profissionais de segurança de empresas norte-americanas.

(Reportagem de Jim Finkle)