FBI alerta para malware "destrutivo" após ataque contra Sony Pictures nos EUA

terça-feira, 2 de dezembro de 2014 14:00 BRST
 

BOSTON, Estados Unidos (Reuters) - A polícia federal dos Estados Unidos (FBI) alertou empresas do país de que hackers lançaram um ataque destrutivo com ajuda de um software malicioso, após uma invasão grave contra sistemas da Sony Pictures Entertainment na semana passada.

Especialistas em segurança de computadores afirmaram que o software descrito no alerta do FBI se parece com aquele que atingiu a Sony e que foi considerado como o primeiro grande ciberataque destrutivo promovido contra uma companhia em território norte-americano.

Tais ataques têm sido lançados na Ásia e Oriente Médio, mas nenhum tinha sido reportado até agora nos Estados Unidos. O alerta do FBI não informou quantas companhias foram vítimas dos ataques destrutivos.

"Eu acredito que um ciberataque coordenado com cargas destrutivas contra uma corporação nos EUA representa um evento marco", disse Tom Kellermann, diretor de cibersegurança da produtora de software de proteção Trend Micro. "A geopolítica agora serve como prenúncio de ciberataques destrutivos."

O alerta de cinco páginas do FBI enviado a empresas no final da segunda-feira forneceu alguns detalhes técnicos sobre o malware usado no ataque. O aviso também deu conselhos sobre como poder ser a resposta ao software e pediu para as empresas para contactarem a polícia federal dos EUA se identificarem programa similar em seus sistemas.

O alerta do FBI afirma que o malware sobreescreve todos os dados em discos rígidos de computadores, incluindo o registro de inicialização das máquinas, o que impede que os equipamentos sejam ligados.

"Isso torna extremamente difícil e custoso, se não impossível, recuperar dados usando métodos padrão", afirma o comunicado do FBI.

O documento do FBI foi enviado a equipes de segurança de algumas companhias dos EUA em um email que pediu para elas não compartilharem a informação.

O FBI enviou o alerta após o ataque sem precedentes contra a Sony Pictures Entertainment na segunda-feira passada, que fez o email corporativo da companhia ficar fora do ar por uma semana e deixou outros sistemas danificados. A empresa se prepara para lançar vários filmes aguardados para a temporada de férias de fim de ano.   Continuação...