Telebras faz acordo com IslaLink para cabo submarino América do Sul-Europa

terça-feira, 30 de junho de 2015 21:41 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A estatal Telebras assinou nesta terça-feira acordo com a espanhola IslaLink para lançar e operar um novo cabo submarino ligando América do Sul e Europa.

O cabo terá mais de 30 terabits por segundo (Tbps) de capacidade e exigirá investimento de 185 milhões de dólares.

A Telebras terá 35 por cento de participação no projeto, que será tocado por meio de joint venture, e a IslaLink, 45 por cento. Os 20 por cento restantes ficarão com outro acionista brasileiro ainda não definido.

O cabo terá 5,9 mil quilômetros de extensão e sairá de Fortaleza, no Ceará, até Portugal (em Seixal ou Lisboa). A previsão é de que o cabo esteja concluído até o início de 2018.

Após a assinatura do acordo, o ministro das Comunicações Ricardo Berzoini disse a jornalistas que um dos objetivos do cabo é aumentar a segurança no transporte de dados.

"A legislação europeia para dados é bastante importante para assegurar a proteção de dados de maneira ampla", disse.

Segundo o presidente da Telebras, Jorge Bittar, os investimentos iniciais da empresa no projeto virão de aportes do Tesouro Nacional. Ele assegurou que os recursos não serão contingenciados, pois o projeto é prioritário para a presidente Dilma Rousseff.

(Por Leonardo Goy)