Câmara dos Vereadores de SP aprova banimento do aplicativo Uber

quarta-feira, 1 de julho de 2015 08:19 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Câmara dos Vereadores de São Paulo aprovou na terça-feira projeto de lei que proíbe o uso de carros particulares cadastrados em aplicativos para o transporte remunerado de pessoas, o que na prática bane o uso do aplicativo norte-americano Uber na cidade.

O Projeto de Lei (PL) 349/2014 é de autoria do vereador Adílson Amadeu (PTB).

A aprovação ocorreu apesar de campanha promovida pelo Uber na Internet que pedia que usuários compartilhassem suas opiniões sobre o aplicativo. De acordo com comunicado da empresa, a Câmara recebeu mais de 200 mil e-mails pedindo a rejeição do projeto.

O Uber enfrenta problemas em diversos países do mundo. Na segunda-feira, a polícia francesa deteve dois executivos do aplicativo para interrogatórios, enquanto o governo do país aumenta a repressão sobre o serviço de transporte de pessoas.

Em abril, motoristas de táxis de São Paulo protestaram contra o aplicativo alegando competição ilegal. Na ocasião, o Uber multiplicou por cinco o número de downloads.

(Por Luciana Bruno)