BBC cortará mais de 1 mil empregos com migração de telespectadores para a Internet

quinta-feira, 2 de julho de 2015 11:10 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A BBC disse que cortará mais de 1 mil empregos porque espera receber 150 milhões de libras (234 milhões de dólares) menos que o previsto em taxas de licença no próximo ano fiscal, enquanto telespectadores desligam seus televisores para assistir a programas na Internet.

Cada domicílio britânico com uma televisão tem que pagar 145,50 libras por ano à BBC, uma emissora pública fundada em 1922.

"A receita com taxa de licença em 2016/17 é agora prevista em 150 milhões de libras menos do que era esperado em 2011", disse a BBC em comunicado.

"Isso ocorre porque quanto mais pessoas usam iPlayer, celulares e aparelhos online, o número de domicílios com televisores cai. Também dá mais evidência da necessidade da taxa ser modernizada para cobrir os serviços digitais."

Apenas 69 por cento da audiência de adultos britânicos vai para a TV ao vivo, enquanto entre pessoas de 16 a 24 anos, apenas 50 por cento da audiência é para TV ao vivo, disse o regulador das telecomunicações do país.

 
Logo da BBC visto no centro de Londres.   22/10/2012     REUTERS/Olivia Harris