3 de Julho de 2015 / às 10:34 / 2 anos atrás

França rejeita pedido de asilo de fundador do Wikileaks Assange

PARIS (Reuters) - A França rejeitou nesta sexta-feira um pedido de asilo do fundador do Wikileaks, Julian Assange.

Fundador do Wikileaks, Julian Assange, durante entrevista na embaixada do Equador em Londres. 18/08/2014 REUTERS/John Stillwell/pool

Assange está morando pelos últimos três anos na embaixada do Equador em Londres, onde conseguiu refúgio para evitar ser extraditado para a Suécia devido a supostos crimes de abuso sexual.

“A França recebeu a carta do sr. Assange. Uma investigação profunda mostra que no mérito dos elementos legais e materiais da situação do sr. Assange, a França não pode garantir seu pedido”, informou nota emitida pelo gabinete do presidente francês, François Hollande.

“A situação do sr. Assange não representa qualquer perigo imediato. Ele também é alvo de um mandato de prisão europeu”, acrescentou o comunicado.

O jornal Le Monde publicou anteriormente uma carta aberta de Assange para Hollande, dizendo que sua vida estava em perigo.

Reportagem de Dominique Vidalon

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below