Vendas líquidas da Cnova Brasil crescem 20,5% no 2º tri,

sexta-feira, 10 de julho de 2015 19:41 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de comércio eletrônico Cnova Brasil, controlada pelo Grupo Pão de Açúcar, teve alta de 20,5 por cento nas vendas líquidas do segundo trimestre, impulsionadas por smartphones, eletrodomésticos e computadores.

Segundo a companhia, as vendas líquidas de abril a junho somaram 1,577 bilhão de reais. Em euros, a alta foi de 8,4 por cento, considerando os efeitos da desvalorização do real.

As vendas líquidas consolidadas da Cnova do grupo somaram 837 milhões de euros, alta de 17,5 por cento ante igual etapa de 2014, considerando câmbio constante. Incluindo o impacto cambial, o crescimento foi de 10,7 por cento.

As vendas líquidas do Cdiscount cresceram 13,7 por cento, com impulso das vendas de novas operações internacionais.

As vendas dos marketplaces cresceram 112,2 por cento, enquanto as vendas de publicidade cresceram cerca de 39,2 por cento. As vendas líquidas geradas pelas operações internacionais foram impulsionadas principalmente por Colômbia, Tailândia e Vietnã, informou a companhia.

O GPA anunciou em maio de 2014 que combinaria na Cnova os negócios da Nova Pontocom, operadora de sites das redes Pontofrio, Casas Bahia e Extra com as atividades de varejo online do Casino, presente em países como Colômbia e Tailândia.

A empresa fez sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em novembro na bolsa norte-americana Nasdaq.

(Por Aluisio Alves)