AT&T chega mais perto de aprovação de fusão de US$48,5 bi com DirecTV

quarta-feira, 22 de julho de 2015 13:21 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - A AT&T está perto de finalizar seu acordo para comprar a DirecTV com reguladores antitruste e de telecomunicações dos Estados Unidos sinalizando luz verde para a fusão de 48,5 bilhões de dólares que criará a maior companhia de TV paga do país.

O presidente da Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês), Tom Wheeler, recomendou na terça-feira que a comissão de cinco integrantes vote a favor da aprovação da combinação, e o Departamento de Justiça disse que o acordo não representa risco significativo à concorrência.

A aprovação proposta inclui uma exigência de que a AT&T estruture conexões de Internet de alta velocidade para 12,5 milhões de localidades e compartilhe com a FCC todos os acordos de fechados com companhias de conteúdo em troca de tráfego mais rápido na Web.

As condições detalhadas por Wheeler marcam um fim das negociações entre a companhia e a agência, com a FCC buscando assegurar que a fusão servirá ao interesse público. O Departamento de Justiça garante que as combinações estão de acordo com leis antitruste.

(Por Alina Selyukh)

 
Logotipo da AT&T em prédio com bandeira dos EUA no primeiro plano, em Pasadena, Califórnia. 26/01/2015 REUTERS/Mario Anzuoni