Telecom Italia indicará executivo para nova vice-presidência da TIM no Brasil

terça-feira, 28 de julho de 2015 13:26 BRT
 

MILÃO (Reuters) - A Telecom Italia vai reforçar sua operadora celular no Brasil, TIM Participações, com a adição de um vice-presidente de Operações para ajudar a recuperar as vendas e preparar a companhia para uma possível consolidação do mercado, afirmaram duas fontes com conhecimento direto do assunto à Reuters.

O grupo italiano vai indicar Pietro Labriola, um executivo de longa data da Telecom Italia, para a nova diretoria na TIM Participações em uma decisão que deve ser anunciada no início da próxima semana, afirmaram as fontes. A Telecom Italia se recusou a falar sobre o assunto, enquanto representantes da TIM Participações não foram imediatamente localizados para comentar.

A Telecom Italia disse que pode considerar vender a TIM Participações (TIM Brasil), segunda maior companhia de telefonia móvel do Brasil, por um preço alto enquanto as especulações da venda voltaram à tona desde que o grupo francês Vivendi se tornou o maior acionista do grupo italiano no último mês.

A TIM Brasil, com capitalização no mercado de 6,6 bilhões de dólares, encara a crescente concorrência e demanda mais fraca depois de anos de crescimento no maior mercado da América Latina. Ela precisa abordar um mercado em mutação onde os serviços de telefonia pré-pagos, no qual a empresa é líder de mercado, estão sendo duramente atingidos pela desaceleração econômica.

A companhia divulgou uma queda de 16 por cento no lucro líquido no primeiro trimestre, de 313 milhões de reais (93 milhões de dólares) devido a vendas em queda e despesas em alta.

A Telecom Italia, que está vendo encolhimento das suas receitas na Itália também, deve um terço de suas receitas à TIM Brasil, na qual detém 66 por cento das participações. A unidade brasileira ainda é vista como um ator fundamental em uma esperada consolidação da indústria telefônica brasileira, tanto como predador como quanto presa.

(Por Danilo Masoni)