Vodafone Espanha cortará 1.300 empregos após compra da Ono

terça-feira, 28 de julho de 2015 19:12 BRT
 

MADRI (Reuters) - A filial espanhola do grupo de telecomunicações Vodafone, sediada em Londres, disse nesta terça-feira que cortará 1.300 empregos, conforme reduz sua força de trabalho, após a aquisição da Ono, maior operadora a cabo do país.

As negociações com representantes dos funcionários sobre os cortes começam em 1° de setembro, disse a empresa em comunicado.

A Vodafone concordou em comprar a Ono por 7,2 bilhões de euros em março de 2014, uma de uma série de fusões no setor de telecomunicações da Espanha.

A empresa toda tem uma quadro de funcionários de cerca de 6 mil pessoas.

As reduções de empregos também refletiram "a queda nas vendas e no Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) das duas companhias nos últimos anos, junto com grandes investimentos em redes da próxima geração," disse a Vodafone Espanha.

(Por Andres Gonzalez)