Maduro acha "ridículo" comercial no Chile que parodia história do "passarinho"

segunda-feira, 3 de agosto de 2015 19:58 BRT
 

CARACAS (Reuters) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, qualificou nesta segunda-feira de "ridículo" um comercial de uma nova empresa de telecomunicações chilena que fez uma parodia da história contada pelo mandatário na qual garante que o falecido Hugo Chávez apareceu para ele em forma de passarinho.

Em meio à campanha fugaz que o levou à Presidência após a morte de Chávez por câncer em 2013, Maduro disse que seu antecessor e mentor político apareceu em forma de "passarinho pequenino" e o abençoou. Rapidamente, a história se tornou viral.

No comercial da empresa de telefonia WOM, um ator recria o episódio com a frase "se você também recebe um sinal ruim".

"Eles são ridículos", disse Maduro sobre a empresa.

Em reunião com os candidatos de sua coalizão que concorrerão nas eleições parlamentares de dezembro, ele acrescentou, rindo: "Não podem entender. Isso é inveja, exatamente. Não podem entender como nós, os revolucionários, somos felizes e livres."

O presidente socialista não disse se tomará medidas contra a empresa. A WOM também já fez uma paródia do presidente da Bolívia, Evo Morales, o que fez a chancelaria boliviana apresentar uma nota de protesto ao governo chileno.