Claro vê alta do consumo de dados móveis após parceria com redes sociais

terça-feira, 4 de agosto de 2015 15:11 BRT
 

Por Luciana Bruno

SÃO PAULO (Reuters) - A Claro, do grupo América Móvil, teve forte aumento do consumo de dados de Internet móvel após ter retomado as parcerias com as redes sociais Twitter, Whatsapp e Facebook, disse nesta terça-feira o presidente-executivo de mercado pessoal da operadora, Carlos Zenteno.

"Teve um aumento importante do consumo de dados", disse Zenteno referindo-se aos chamados acordos de "zero rating", nos quais operadoras oferecem acesso às redes sociais sem descontar da franquia de dados mensal contratada pelo usuário.

O executivo não quis mensurar o aumento do consumo, nem dar detalhes sobre o período em que ocorreu o crescimento, mas declarou que essa é uma das estratégias da operadora para atrair clientes em um momento de contenção dos gastos dos consumidores.

A parceria da Claro com as redes sociais foi retomada em junho após promoção semelhante ter sido descontinuada em abril, quando a operadora alegou "que os clientes não deveriam ficar limitados a aplicativos específicos".

Esse tipo de acordo é alvo de críticas de alguns especialistas, segundo os quais as parcerias ferem a chamada neutralidade da rede, princípio segundo o qual operadoras de telecomunicações devem oferecer acesso igualitário a todos os sites e aplicativos na Web, de forma a não privilegiar determinadas empresas.

QUARTA GERAÇÃO

Zenteno disse ainda que a ampliação da cobertura de Internet móvel de quarta geração (4G) permanece como prioridade para a Claro. Segundo ele, a cobertura 4G da empresa que já chegou a mais de 120 cidades do país, acima das metas estabelecidas pelo regulador do setor, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).   Continuação...