Alibaba coloca esperanças de crescer nos EUA sobre ex-atleta canadense

quarta-feira, 5 de agosto de 2015 12:32 BRT
 

HONG KONG (Reuters) - O Alibaba espera que o medalhista olímpico canadense apontado como futuro presidente-executivo do Goldman Sachs ajude a empresa a ter grande sucesso nos Estados Unidos.

Michael Evans, que completará 58 anos neste mês, aposentou-se do banco de investimento norte-americano em 2013, tendo forjado reputação de um dos mais prolíficos negociadores na China durante a estadia em Hong Kong de 2004 a 2011.

Agora sua tarefa é liderar a expansão da gigante de comércio eletrônico para fora de seu país natal, missão particularmente dura dada a postura por vezes hostil de reguladores a empresas chinesas comprando ativos de tecnologia norte-americanos.

"Evans era o Sr. China quando estava no Goldman", disse o chefe de banco de investimento na Ásia da Oppenheimer Investments Asia limited, Eugene Tan.

A Reuters não foi capaz de contatar Evans fora do horário comercial regular nos EUA, onde ele está baseado atualmente.

Além de suavizar o caminho para aquisições, espera-se que Evans feche acordos de parceria para o Alibaba com marcas e varejistas nos EUA como também na Europa e no restante da Ásia.

(Por Lawrence White)