Consumidores preferem marketplaces a websites do varejo, diz pesquisa

quarta-feira, 5 de agosto de 2015 12:47 BRT
 

CHICAGO (Reuters) - Consumidores digitais estão cada vez mais iniciando pesquisas de produtos em plataformas de marketplace do varejo, que permite a terceiros anunciarem suas mercadorias, antes de procurar em websites específicos de varejo, segundo resultados divulgados nesta terça-feira pela Amazon.com e pela Pymnts.com.

De acordo com a pesquisa, 64 por cento dos pesquisados disseram começar a procurar um produto em marketplace, seguido por websites favoritos, mecanismos de busca e redes sociais. A pesquisa entrevistou mais de 2 mil consumidores online em julho.

A maioria dos entrevistados citados confiam em revendedor como fator mais importante na determinação de onde fizeram compras recente. Outros fatores incluíam promoções, prêmio, boa experiência de compra em um website no passado, entrega e envio.

"O fator determinante número um para a escolha do consumidor na compra online foi confiança, e não seleção ou preço", disse o vice-presidente da Amazon Payments, Patrick Gauthier, na R2 reunião de reinvenção do varejo em Chicago.

O negócio de marketplace de terceiros corresponde por cerca de 40 por cento do total de vendas do site da Amazon.

(Por Nandita Bose)