Zynga faz acordo de US$23 mi sobre acusações de fraude ligadas à IPO

sexta-feira, 7 de agosto de 2015 19:03 BRT
 

(Reuters) - A Zynga fechou acordo de 23 milhões de dólares para acabar com o processo no qual a empresa de jogos conhecida pelo "FarmVille" é acusada de defraudar acionistas sobre perspectivas de negócios por ocasião da oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em dezembro de 2011.

Em relatório trimestral divulgado nesta sexta-feira, a Zynga disse que o acordo, em princípio, foi atingido essa semana através de mediação e que não teria impacto financeiro, porque seguradoras arcariam com o pagamento.

O acordo requer documentação final e aprovação final pelo juiz distrital dos Estados Unidos Jeffrey White em San Francisco, onde a Zynga está sediada.

Os advogados dos acionistas não estavam disponíveis imediatamente para comentários e o acordo não aparecia nos arquivos do tribunal.

No processo, acionistas liderados por David Fede acusaram a Zynga de esconder atividade dos usuários em queda, mascarando como mudanças em uma plataforma do Facebook para seus jogos afetariam a demanda e inflando sua previsão de lucro para 2012.

Em uma declaração nesta sexta-feira, a Zynga disse que o acordo remove a "distração de um litígio prolongado".

(Por Jonathan Stempel)