Receita do Groupon decepciona; dólar forte pressiona

sexta-feira, 7 de agosto de 2015 19:46 BRT
 

(Reuters) - O Groupon, operador do site de cupons de desconto, divulgou aumento menor que o esperado em sua receita trimestral e previu queda da receita acima do previsto no atual trimestre, com o dólar fraco pressionando o faturamento bruto.

"A previsão diz que o custo do crescimento está ficando maior, então acho que a companhia ainda encara desafios bastante significativos em seu principal negócio," disse à Reuters o analista Steve Weinstein, da ITG Investment Research.

A Grupon, que já dominou o crescente mercado online de cupons, tem enfrentado dificuldades para atrair clientes e acelerar vendas devido à dura competição com empresas menores e também gigantes como Amazon.com e eBay.

A previsão de receita da empresa caiu para 700 milhões a 750 milhões de dólares no terceiro trimestre encerrado em setembro, ante 757,1 milhões um ano atrás e a empresa ter lucro de até 0,02 dólar por açào em uma base ajustada.

O Groupon teve faturamento bruto - medida chave para refletir o montante vendido- de 1,53 bilhão de dólares no segundo trimestre, abaixo das expectativas dos analistas de 1,55 bilhão de dólares, de acordo com a empresa de pesquisa de marketing FactSet StreetAccount.

O valor médio do dólar subiu 20 por cento no fim do trimestre frente a um ano antes, atingindo o Grupon, que recebe 41,3 por cento de faturamento bruto de fora da América do Norte.

(Por Lehar Maan)