Google se reestrutura para melhorar transparência, mas faltam detalhes

terça-feira, 11 de agosto de 2015 12:09 BRT
 

(Reuters) - A decisão do Google de reformular sua estrutura operacional é um reconhecimento da falta de transparência que cerca seus negócios e projetos, avaliam analistas, mas ainda permanece a dúvida de quanto realmente a empresa irá revelar.

Analistas e investidores têm há muito tempo procurado mais detalhes sobre investimentos e fluxo de caixa da empresa, e também do desempenho financeira do YouTube e do sistema operacional Android.

O Google disse na segunda-feira que iria se dividir em duas companhias sob uma nova holding chamada Alphabet.

Uma irá manter o núcleo dos negócios de buscas e publicidade online. A outra incluirá seus novos empreendimentos como o carro autônomo e os termostatos conectados com a internet.

"Isto reforça nossa visão de que o Google entrou em uma nova era de cordialidade com os acionistas", disse o analista da MKM Parteners Rob Sanderson, que tem recomendação "compra" para as ações da empresa

Ainda assim, o Google não disse que detalhes podem ser revelados.

(Por Tenzin Pema e Lehar Mann em Bangalore)