Ação da Positivo salta 8% após acordo para produzir Vaio

quinta-feira, 20 de agosto de 2015 11:28 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da fabricante de computadores e celulares Positivo Informática disparavam nesta quinta-feira, depois que a empresa anunciou na noite da véspera acordo para produzir no Brasil PCs da marca japonesa de eletrônicos Vaio.

Às 11h25, as ações da Positivo exibiam alta de 8,29 por cento, cotadas a 1,96 real, enquanto o Ibovespa, índice do qual os papéis não fazem parte, recuava 0,78 por cento.

Pelo anúncio da véspera, a Positivo vai começar a vender computadores pessoais Vaio no Brasil a partir de outubro.

Segundo a Vaio, que foi vendida pela Sony para o grupo Japan Industrial Partners em 2014, trata-se da primeira parceria internacional deste tipo firmada pela empresa desde a separação do conglomerado japonês de eletrônicos.

A parceria acontece em um momento de queda nas vendas de PCs no Brasil depois de um recuo de 26 por cento do mercado em 2014, para 10,3 milhões de unidades. Segundo a empresa de pesquisa de mercado IDC, a previsão é de queda de 27 por cento nas vendas de computadores pessoais no Brasil este ano.

A Positivo sofreu declínio de 31 por cento nas vendas de PCs e tablets no primeiro semestre sobre o mesmo período do ano passado, para cerca de 851 mil unidades. O prejuízo somou 28 milhões de reais, após lucro líquido de 4,5 milhões um ano antes.

(Por Alberto Alerigi Jr.)