Rovio busca crescimento de 'Angry Birds 2' na Ásia

quinta-feira, 20 de agosto de 2015 14:34 BRT
 

(Reuters) - A companhia finlandesa de jogos para celulares Rovio Entertainment, mais conhecida pelo seu jogo "Angry Birds", espera se recuperar de um 2014 difícil e se expandir na Ásia ao adequar seus jogos para atrair consumidores locais.

Após divulgar uma queda de 73 por cento nos lucros de 2014 devido ao declínio dos licenciamentos da marca "Angry Birds", e de cortar cerca de 110 postos de trabalho, a Rovio está focando em se tornar local, disse o vice-presidente comercial Alex Lambeek à Reuters nesta semana.

"(Nós temos a) capacidade de construção para chegar a partes do mundo onde não tínhamos força no passado e uma grande parte disso está realmente funcionando por causa de nossas parcerias, não tentando fazer tudo por nós mesmos", disse Lambeek, que se juntou à companhia em abril após deixar a Fox International Channels.

A China representa cerca de um terço dos quase 40 milhões de downloads da continuação do jogo desde 30 de julho, fazendo do país seu principal mercado. O que está em linha com o primeiro jogo, o qual a Rovio disse ter se aproximado de 1 bilhão de downloads da China, de um total dito pela companhia de 3 bilhões de downloads desde 2009.

Para o "Angry Birds 2", a Rovio fez parceria com a companhia de jogos de celulares chinesa Kunlun para fazer as mudanças nos comandos e linguagem usadas para atingir a maneira que os jogadores chineses estão acostumados, disse Lambeek.

A Rovio tem esperanças de que o novo jogo renove o interesse na marca antes do lançamento em maio de 2016 do filme "The Angry Birds Movie."

(Por Piya Sinha-Roy)